Pesquisar neste blog

TOQUES E DICAS CROWN ROYAL

TEMOS QUE CUIDAR DA NATUREZA COMO A NATUREZA CUIDA DE NÓS

TEMOS QUE RESPEITAR AS SUAS NESCESSIDADES
AS SUAS REGRAS E AS SUAS NORMAS

POR MAIS AGRESSIVO QUE PAREÇA

QUANTO MAIOR O SER VIVO

MAIOR É A SUA FRAGILIDADE...









Teoria de Gaia 
Saiba o que é, planeta Terra, tese da teoria, meio ambiente, ecologia


Teoria de Gaia: o planeta Terra é um ser vivo
O que é
Teoria de Gaia, também conhecida como Hipótese de Gaia, é uma tese que afirma que o planeta Terra é um ser vivo. De acordo com esta teoria, nosso planeta possui a capacidade de auto-sustentação, ou seja é capaz de gerar, manter e alterar suas condições ambientais.
A Teoria de Gaia foi criada pelo cientista e ambientalista inglês James Ephraim Lovelock, no ano de 1969. Contou com os estudos da bióloga norte-americana Lynn Margulis. O nome da teoria é uma homenagem a deusa Gaia, divindade que representava a Terra na mitologia grega.
Quando foi lançada, esta teoria não conseguiu agradar a comunidade de cientistas tradicionais. Foi, primeiramente, aceita por ambientalistas e defensores da ecologia.

Teoria de Gaia

Reciclagem
Reciclagem de lixo, plástico, reciclagem de alumínio, reciclagem de papel,
respeito ao meio-ambiente, coleta seletiva de lixo, reciclagem de plástico

Símbolo Internacional da reciclagem
Introdução
Reciclar significa transformar objetos materiais usados em novos produtos para o consumo. Esta necessidade foi despertada pelos seres humanos, a partir do momento em que se verificou os benefícios que este procedimento trás para o planeta Terra.
Importância e vantangens da reciclagem
A partir da década de 1980, a produção de embalagens e produtos descartáveis aumentou significativamente, assim como a produção de lixo, principalmente nos países desenvolvidos. Muitos governos e ongs estão cobrando de empresas posturas responsáveis: o crescimento econômico deve estar aliado à preservação do meio ambiente. Atividades como campanhas de COLETA SELETIVAde lixo e reciclagem de alumínio e papel, já são comuns em várias partes do mundo.
No processo de RECICLAGEM, que além de preservar o meio ambiente também gera riquezas, os materiais mais reciclados são o vidro, o alumínio, o papel e o plástico. Esta reciclagem contribui para a diminuição significativa da poluição do solo, da AGUA e do ar. Muitas indústrias estão reciclando materiais como uma forma de reduzir os custos de produção.
Um outro benefício da reciclagem é a quantidade de empregos que ela tem gerado nas grandes cidades. Muitos desempregados estão buscando trabalho neste setor e conseguindo renda para manterem suas famílias. Cooperativas de catadores de papel e alumínio já são uma boa realidade nos centros urbanos do BRASIL.
SACOLAS FEITAS DE PAPEL RECICLADO NÃO É ACONSELHAVEL POIS A CADA 50KG DE PAPEL
UMA ÁRVORE,É CORTADA  SEM  SER REPLANTADA,DEIXA DE PRODUZIR O AR QUE RESPIRAMOS  
Muitos materiais como, por exemplo, o alumínio pode ser reciclado com um nível de reaproveitamento de quase 100%. Derretido, ele retorna para as linhas de produção das indústrias de embalagens, reduzindo os custos para as empresas.
Muitas campanhas educativas têm despertado a atenção para o problema do lixo nas grandes cidades. Cada vez mais, os centros urbanos, com grande crescimento populacional, tem encontrado dificuldades em conseguir locais para instalarem depósitos de lixo. Portanto, a reciclagem apresenta-se como uma solução viável economicamente, além de ser ambientalmente correta. Nas escolas, muitos alunos são orientados pelos professores a separarem o lixo em suas residências. Outro dado interessante é que já é comum nos grandes condomínios a reciclagem do lixo.
Símbolos da reciclagem por material
Assim como nas cidades, na zona rural a reciclagem também acontece. O LIXO ORGANICO é utilizado na fabricação de adubo orgânico para ser utilizado na agricultura.
Como podemos observar, se o homem souber utilizar os recursos da natureza, poderemos ter , muito em breve, um mundo mais limpo e mais desenvolvido. Desta forma, poderemos conquistar o tão sonhado DESENVOLVIMENTO
 SUSTENTÁVEL do planeta.
Exemplos de Produtos Recicláveis
- Vidro: potes de alimentos (azeitonas, milho, requijão, etc), garrafas, frascos de medicamentos, cacos de vidro.
- Papel: jornais, revistas, folhetos, caixas de papelão, embalagens de papel.
- Metal: latas de alumínio, latas de aço, pregos, tampas, tubos de pasta, cobre, alumínio.
- Plástico: potes de plástico, garrafas PET, sacos pláticos, embalagens e sacolas de supermercado.

Educação Ambiental
O que é, legislação, objetivos, importância da educação ambiental na escola, projetos, meio ambiente, ecologia

Educação Ambiental na Escola: desenvolvendo a consciência ambiental
Introdução
Educação ambiental é aquela destinada a desenvolver nas pessoas conhecimentos, habilidades e atitudes voltadas para a preservação do meio ambiente.
Importância e objetivos
A educação ambiental pode ocorrer dentro das escolas, empresas, universidades, repartições públicas, etc. Esta educação pode ser desenvolvida por órgãos do governo ou por entidades ligadas ao meio ambiente.

A educação ambiental deve estar presente dentro de todos os níveis educacionais, como o objetivo de atingir todos os alunos em fase escolar. Os professores podem desenvolver projetos ambientais e trabalhar com conceitos e conhecimentos voltados para a preservação ambiental e uso sustentável dos recursos naturais.

Legislação

No Brasil, existe uma lei específica que trata da educação ambiental. A Lei número 9.795 de 27 de abril de 1999, dispõe sobre a educação ambiental, instituindo a política nacional de educação ambiental.
Sugestões de temas para trabalhar em sala de aula:
Temas que podem ser abordados na escola em aulas relacionadas ao meio ambiente: ecologia, preservação da natureza, reciclagem, desenvolvimento sustetável, consumo racional da água, poluição ambiental, efeito estufa, aquecimento global, ecossistemas, etc.
Você sabia?
- Comemora-se em 5 de junho o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia.
·
Educação Ambiental
Oficinas práticas de sensibilização Projeto para Escolas e Empresas
www.setteambiental.com.br
·
Sociedade Nac Agricultura
Cursos Técnicos e Praticos de Agronegócio, Jardinagem, Paisagismo
www.sna.agr.br
·
EEA Emp Eng Ambiental
saneamento e meio ambiente reconhecida pela qualidade
www.eea.eng.br
·
L3 Engenharia Ambiental
Empresa de Consultoria, Serviços e Execução de Projetos Ambienta
·
Educação Ambiental
Oficinas práticas de sensibilização Projeto para Escolas e Empresas
www.setteambiental.com.br
·
Sociedade Nac Agricultura
Cursos Técnicos e Praticos de Agronegócio, Jardinagem, Paisagismo
www.sna.agr.br
·
EEA Emp Eng Ambiental
saneamento e meio ambiente reconhecida pela qualidade
www.eea.eng.br
·
L3 Engenharia Ambiental
Empresa de Consultoria, Serviços e Execução de Projetos Ambienta
·
Educação Ambiental
Oficinas práticas de sensibilização Projeto para Escolas e Empresas
www.setteambiental.com.br
·
Sociedade Nac Agricultura
Cursos Técnicos e Praticos de Agronegócio, Jardinagem, Paisagismo
www.sna.agr.br
·
EEA Emp Eng Ambiental
saneamento e meio ambiente reconhecida pela qualidade
www.eea.eng.br
·

Poluição da Água POLUIÇÃOAMBIENTAL, poluição industrial, poluição das águas, poluição dos rios, contaminação da água, Aqüífero Guarani

Foto de Rio Poluído : ameaça ao meio ambiente
Introdução
A água é um bem precioso e cada vez mais tema de debates no mundo todo. O uso irracional e a poluição de fontes importantes (RIOS e lagos), podem ocasionar a falta de água doce muito em breve, caso nenhuma providência seja tomada.
Falta de água
Este milênio que está começando, apresenta o grande desafio de evitar a falta de água. Um estudo recente da revista Science (julho de 2000) mostrou que aproximadamente 2 bilhões de habitantes enfrentam a falta de água no mundo. Em breve poderá faltar água para irrigação em diversos países, principalmente nos mais pobres. Os continentes mais atingidos pela falta de água são: ÁFRICA, Ásia Central e o Oriente Médio. Entre os anos de 1990 e 1995, a necessidade por água doce aumentou cerca de duas vezes mais que a população mundial. Isso ocorreu provocado pelo alto consumo de água em atividades industriais e zonas agrícolas. Infelizmente, apenas 2,5% da água do planeta Terra são de água doce, sendo que apenas 0,08% está em regiões acessíveis ao ser humano.
Causas da poluição das águas do planeta
As principais causas de deteriorização dos rios, lagos e dos oceanos são: poluição e contaminação por poluentes e esgotos. O ser humano tem causado todo este prejuízo à natureza, através dos lixos, esgotos, DEJETOS QUIMICO industriais e mineração sem controle.
Em função destes problemas, os governos preocupados, tem incentivado a exploração de aqüíferos (grandes reservas de água doce subterrâneas). Na América do Sul, temos o AQUÍFERO GUARANI, um dos maiores do mundo e ainda pouco utilizado.Grande parte das águas deste aqüífero situa-se em subsolo brasileiro.
Problemas gerados pela poluição das águas
Estudos da Comissão Mundial de Água e de outros organismos internacionais demonstram que cerca de 3 bilhões de habitantes em nosso planeta estão vivendo sem o mínimo necessário de condições sanitárias.Um milhão não tem acesso à ÁGUA POTAVEL. Em virtude desses graves problemas, espalham-se diversas DOENÇAS como diarréia,esquistossomose , hepatite e febre tifóide, que matam mais de 5 milhões de seres humanos por ano, sendo que um número maior de doentes sobrecarregam os precários sistemas de saúde destes países.
Soluções
Com o objetivo de buscar soluções para os problemas dos recursos hídricos da Terra, foi realizado no Japão, em março de 2003, o III Fórum Mundial de Água. Políticos, estudiosos e autoridades do mundo todo aprovaram medidas e mecanismos de preservação dos recursos hídricos. Estes documentos reafirmam que a água doce é extremamente importante para a vida e saúde das pessoas e defende que, para que ela não falte no século XXI, alguns desafios devem ser urgentemente superados: o atendimento das necessidades básicas da população, a garantia do abastecimento de alimentos, a proteção dos ecossistemas e mananciais, a administração de riscos, a valorização da água, a divisão dos recursos hídricos e a eficiente administração dos recursos hídricos.
Embora muitas soluções sejam buscadas em esferas governamentais e em congressos mundiais, no cotidiano todos podem colaborar para que a água doce não falte. A economia e o uso racional da água deve estar presente nas atitudes diárias de cada cidadão. A pessoa consciente deve economizar, pois o desperdício de água doce pode trazer drásticas conseqüências num futuro pouco distante.
Dicas de economia de água: Feche bem as torneiras, regule a descarga do banheiro, tome banhos curtos, não gaste água lavando carro ou calçadas, reutilize a água para diversas atividades, não jogue lixo em rios e lagos, respeite as regiões de mananciais
Poluição do ar Fontes de poluição, efeito estufa, chuva ácida, combustíveis fósseis, conseqüências da poluição,
combustíveis não poluentes, POLUIÇÃO AMBIENTALe poluição atmosférica

Indústrias: poluentes despejados no ar ( poluição industrial )
Introdução
A partir de meados do século XVIII, com a revolução industrial, aumentou muito a poluição do ar. A queima do CARVÃO MINERAL despejava na atmosfera das cidades industriais européias, toneladas de poluentes. A partir deste momento, o ser humano teve que conviver com o ar poluído e com todas os prejuízos advindos deste "progresso". Atualmente, quase todas as grandes cidades do mundo sofrem os efeitos daninhos da poluição do ar. Cidades como São Paulo, Tóquio, Nova Iorque e cidade do Mexico estão na lista das mais poluídas do mundo.
Geração da poluição
A poluição gerada nas cidades de hoje são resultado, principalmente, da queima de COMBUSTÍVEIS FOSSÉIS como, por exemplo, carvão mineral e derivados do PETRÓLEO,( gasolina e diesel ). A queima destes produtos tem lançado uma grande quantidade de MONOXIDO DE CARBONO e DIÓXIDO DE CARBONO, (gás carbônico) na atmosfera. Estes dois combustíveis são responsáveis pela geração de energia que alimenta os setores industrial, elétrico e de transportes de grande parte das economias do mundo. Por isso, deixá-los de lado atualmente é extremamente difícil.
Problemas gerados pela poluição
Esta poluição tem gerado diversos problemas nos grandes centros urbanos. A saúde do ser humano, por exemplo, é a mais afetada com a poluição. DOENÇAS RESPIRATÓRIAS como a bronquite, RINITE ALÉRGICA, ALERGIA e , ASMA,levam milhares de pessoas aos hospitais todos os anos. A poluição também tem prejudicado os ecossistemas e o PATRIMÔNIO HÍSTÓRICO e cultural em geral. Fruto desta poluição, a chuva ácida mata plantas, animais e vai corroendo, com o tempo, MONUMENTOS HISTÓRICOS. Recentemente, a Acrópole de ATENAS teve que passar por um processo de restauração, pois a milenar construção estava sofrendo com a poluição da capital grega.
O CLIMA também é afetado pela poluição do ar. O fenômeno do efeito estufa está aumentando a temperatura em nosso planeta. Ele ocorre da seguinte forma: os gases poluentes formam uma camada de poluição na atmosfera, bloqueando a dissipação do calor. Desta forma, o calor fica concentrado na atmosfera, provocando mudanças climáticas. Futuramente, pesquisadores afirmam que poderemos ter a elevação do nível de água dos oceanos, provocando o alagamento de ilhas e cidades litorâneas. Muitas espécies animais poderão ser extintas e tufões e maremotos poderão ocorrer com mais freqüência.
Soluções e desafios
Apesar das notícias negativas, o homem tem procurado soluções para estes problemas. A tecnologia tem avançado no sentido de gerar máquinas e combustíveis menos poluentes ou que não gerem POLUIÇÃO. Muitos automóveis já estão utilizando GÁS NATURAL como combustível. No Brasil, por exemplo, temos milhões de carros movidos a álcool, combustível não fóssil, que poluí pouco. Testes com hidrogênio tem mostrado que num futuro bem próximo, os CARROS poderão andar com um tipo de combustível que lança, na atmosfera, apenas vapor de água.
________________________________
Veja também: emwwwsuapesquisa.com

SMOG ---www.suapesquisa.com/oqe/smog
mudanças climáticas---www.suapesquisa.com/mudançasclimaticas
efeito estufa---www.suapequisa.com/efeitoestufa
Causadores da Poluição do Arwww.suapesquisa.com/ecologia e saude
Gases Poluenteswwwsuapsquisa.com/ecologiaesaude
Emissão de Gases do Efeito Estufa www.suapesquisa.com/ecologiaesaude
Livros sobre Poluição


Acessar Ecologia e Saúde

Agenda 21O que é a Agenda 21, objetivos, Eco-92, informações sobre a Agenda 21, temas, Rio-92

Agenda 21: importantes medidas rumo ao desenvolvimento sustentável
O que é a Agenda 21
Agenda 21 é um conjunto de resoluções tomadas na conferência internacional Eco-92, realizada na cidade do Rio de Janeiro entre 3 e 4 de junho de 1992. Organizada pela ONU (Organização das Nações Unidas) contou com a participação de 179 países e resultou em medidas para conciliar crescimento econômico e social com a preservação do meio ambiente. Na Agenda 21 cada país definiu as bases para a preservação do meio ambiente em seu território, possibilitando o desenvolvimento sustentável.

Principais temas tratados na Agenda 21c


Veja também:

DesenvolvimentoSustentávelwww.suapesquisa.com/resposabilidadeambiental
Responsabilidade Ambiental www.suapesquisa.com/saude/gestãoambiental h
Gestão Ambientalwww.suapesquisa.com/saude/gestãoambiental
Sustentabilidadewww.suapesquisa.com/saude/sustentabilidade htm
Protocolo de Kyotowww.suapesquisa.com
Meio Ambientewww.supesquisa.com
Alimentos orgânicoswww.suapesquisa.com/alimentosorgânicos
Reciclagem www.suapesquisa.com/reciclagem
Energia renovávelwww.suapesquisa.com/o q é/energiarenovável



Desenvolvimento SustentávelO que é, importância para o meio ambiente, sugestões e atitudes favoráveis

Geração de energia eólica e solar: colaborando para o desenvolvimento sustentável
Introdução
Acompanhamos no dia-a-dia o quanto o ser humano está destruindo o meio ambiente. O crescimento das cidades, as indústrias e os veículos estão causando transtornos para o ar, o solo e as águas. O desenvolvimento é necessário, porém, o ser humano precisa respeitar o meio ambiente, pois dependemos dele para sobreviver neste planeta.
Desenvolvimento sustentável significa conseguir obter o necessário desenvolvimento econômico, garantindo o equilíbrio ecológico.
Sugestões para o desenvolvimento sustentável:
- Reciclagem de diversos tipos de materiais: reciclagem de papel, alumínio, plástico, vidro, ferro, borracha, etc;
- Coleta seletiva de lixo;
- Tratamento de esgotos industriais e domésticos para que não sejam jogados em rios, lagos, córregos e mares;
- Descarte de baterias de celulares e outros equipamentos eletrônicos em locais especializados. Estas baterias nunca devem ser jogadas em lixo comum;
- Geração de energia através de fontes não poluentes como, por exemplo, eólica,solar e geotérmica.
- Substituição, em supermercados e lojas, das sacolas plásticas pelas feitas de papel;
- Uso racional (sem desperdício) de recursos da natureza como, por exemplo, a água;
- Diminuição na utilização de combustíveis fósseis (gasolina, diesel), substituindo-os por biocombustíveis;
- Utilização de técnicas agrícolas que não prejudiquem o solo;
- Substituição gradual dos meios de transportes individuais (carros particulares) por coletivos (metrô);
- Criação de sistemas urbanos (ciclovias) capazes de permitir a utilização de bicicletas como meio de transporte eficiente e seguro;
- Incentivo ao transporte solidário (um veículo circulando com várias pessoas);
- Combate ao desmatamentoilegal de matas e florestas;
- Combate à ocupação irregular em regiões de mananciais;
- Criação de áreas verdes nos grandes centros urbanos;
- Manutenção e preservação dos ecossistemas.
- Valorização da produção e consumo de alimentos orgânicos.
- Implantação, nos grandes centros urbanos, da técnica do telhado verde.


Estas são apenas algumas sugestões para que o ser humano consiga estabelecer o equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a manutenção do meio ambiente. Desenvolvimento sustentável é o grande desafio do século XXI e todos podem colaborar para que possamos atingir este importante objetivo.


Veja também : soluções e desafios

educação ambiental  www.leambiental.com.br
Energia eólica  www.suapesquisa.com/oquee/energia eólica htm
Energia solar   www.suapesquisa.com/oqé/energiasolar/htm
Bio combustíveis  www.suapesquisa.com/oqe/biocombustiveis/htm
energia renovável  www.suapesquisa.com/oqe/energiarenovável/htm
combustiveis fósseis www.suapesquisa.com/ou...combustíveisfosseis
petroleo  www.suapesquisa.com/geografia/petróleo/htm
carvão mineral www.suapesquisa.com¹/carvaomineral/htm
gás natural www.suapesquisa.com/oqe/gasnatural/htm
problemas geradospela poluição  www.suapesquisa.com/poluição
poluição da água  www.suapesquisa.com/poluiçãodaaqua
causas da poluição da agua no planeta  www.suapesquisa.com/geografia/rios
www.suapesquisa.com/africa
poluição quimica da agua  www.suapesquisa.com/quimica
aquífero guarani e poluição  www.suapesquisa.com/aquifero guaraní/htm
àgua potável e poluição  www.suapesquisa.com
 doenças  geradas pela poluição
 da àgua- www.suapesquisa.com /audio/esquitossomose
do ar www.suapesquisa.com/alergias
doenças respiratórias  www.suapesquisa.com/doenças respiratórias
rinite  www.suapesquisa.com/rinitealérgica
alergias   www.suapesquisa.com/biologia/alergias/htm
meio ambiente  www.suapesquisa.com/meioambiente
sustentabilidade  www.suapesquia.com/casa/saude/sustentabilidade/htm
ecologia e saúde  www.suapesquisa.com/ecologia e saúde
desenvolvimento sustentável  www.suapesquisa.com/des sust/ambiental/htm
responsabilidade ambiental  www.suapesquisa.com/responsabilidadeambiental/htm
clima  www.suapesquisa.com/clima
mudançaas climáticas www.suapesquisa.com/mudanças climáticas
 Revolução industrial  www.suapesquisa.com/industrial
dióxido de carbono  www.suapesquisa.com
gases poluentes  www.suapesquisa.com/gases poluentes
monóxido d carbono  www.suapesquisa.om
efeito estufa  www.suapesquisa.com/efeito estufa
emissão dos gases do efeito estufa www.sua pesquisa.com  www.suapesquisa.com
lixo orgânico  www.suapesquisa.com
poluição gerada em centros urbanos  www.sua pesquisa.com
A 2ª cidade mais poluidora do planeta (méxico) www.suapesquisa.com/cidadedomexico
 ação da poluição em monumentos históricos
www.suapesquisa.com/monumentos
Atenas  www.suapesquisa.com/historia/atenas
patrimonio histórico www.sua pesquisa.com/patrimoniohistorico/htm
 sociedade nacional de agricultura www.sna.agr.br
saneamento e meio ambiente  www.eea.eng.br







 
AGENDA21
COLETA SELETIVA
Livros sobre desenvolvimento sustentável
Consumo Sustentável



·
Faça sua parte e economize

Atualmente, muito se fala sobre reciclagem, desperdício de água e luz e qualidade do ar. Apesar de toda a divulgação, muitas pessoas acham que o cuidado com a natureza é obrigação apenas do governo e não fazem nada para ajudar. Você sabia que com medidas simples você faz a diferença?
Confira algumas ações que colaboram com a preservação da natureza, evitam o desperdício e ainda ajudam você a economizar.

Água

• Atenção aos vazamentos. Consertando os vazamentos de canos e torneiras você economiza cerca de 45 litros de água por dia.
Acumule as roupas para lavar e passar. Desta maneira, você economiza água, luz e seu tempo.
Não desperdice água. Deixe a torneira fechada quando estiver escovando os dentes, ensaboando as mãos e fazendo a barba.
Limpe a calçada com vassoura. A vassoura é mais rápida e prática. Esqueça a mangueira nessa hora.
• Balde para o carro. Quando for lavar o carro, utilize um balde e um pano, em vez da mangueira.
• Aposte no regador. Para economizar água na hora de regar as plantas, prefira um regador. Para quem busca mais economia, uma outra opção é armazenar a água da chuva para regar as plantas.
• Desligue a mangueira quando ela não estiver sendo utilizada.
Você sabia que...
Escovar os dentes com a torneira aberta utiliza cerca de 80 litros de água.
Lavar a louça com a torneira aberta equivale a 100 litros.
Lavar o carro com a torneira aberta por 30 minutos consome 560 litros.
Lavar a calçada com mangueira utiliza 280 litros.
Banhos longos equivalem ao consumo de 95 a 180 litros de água.

Energia

Evite o desperdício. Não deixe luzes acesas sem necessidade. Durante o dia, utilize a luz natural.
Desligue os aparelhos da tomada. Mesmo não estando ligados, só de estarem conectados à tomada gastam energia. Isso vale também para os eletrodomésticos em stand by (quando fica acessa a luzinha vermelha ou relógio digital).
Prefira as lâmpadas eficientes. Elas consomem até 75% a menos de energia e duram cerca de 10 vezes mais do que as lâmpadas convencionais.
Tome banhos rápidos. Controlando o tempo do seu banho, você economiza energia e água.
Cuide da geladeira. Troque sempre que for preciso a borracha da sua geladeira e evite ao máximo colocar alimentos quentes dentro dela. Desse modo você impede a perda de calor e economiza energia.
Prefira a escada. Para descer e subir um ou dois andares, prefira utilizar a escada. Assim, você evita o desperdício de energia e ainda mantém a forma.
Dica: Fios mal emendados, desencapados e mal isolados causam a fuga de corrente e, consequentemente, desperdício de energia, além de serem muito perigosos. Fique atento.

Lixo

Não jogue lixo na rua. Caso não tenha uma lixeira perto, guarde seu lixo até que encontre um local adequado ou até que chegue em casa.
Separe seu lixo. Divida o lixo em materiais orgânicos e recicláveis. Dessa forma, você colabora com a geração de emprego para os catadores e ONGs, além de incentivar a coleta seletiva no seu bairro e a reciclagem de materiais.
Faça um depósito de materiais orgânicos. Com um espaço reservado para o depósito de materiais orgânicos como cascas de frutas, legumes e folhas, você produzirá adubo natural que pode ser utilizado em jardins e plantas.
Seja solidário. Não jogue fora aqueles aparelhos, roupas e sapatos que você não usa mais, doe, eles podem ser úteis para outras pessoas.
Prefira pratos e copos de louça. O plástico, material utilizado nos produtos descartáveis, é um dos maiores poluentes e demora a se decompor no meio ambiente.
Atenção com pilhas e baterias. Pilhas, baterias e aparelhos celulares não devem ser colocados com o lixo comum, pois são compostos por metais perigosos à saúde humana. Procure sempre um posto de coleta. Alguns bancos, lojas de celulares, escolas, postos de gasolina e supermercados possuem espaço destinado ao recolhimento desses produtos.
Saiba mais
Confira o tempo que a natureza leva para decompor alguns produtos
Papel: de 3 a 6 meses; Pano: de 6 meses a 1 ano;
Filtro de cigarro: 5 anos; Chiclete: 5 anos;
Madeira pintada: 13 anos; Nylon: mais de 30 anos;
Plástico: mais de 100 anos; Metal: mais de 100 anos;
Borracha: tempo indeterminado; Vidro: 1 milhão de anos.
Não há como deixar de produzir lixo, mas você pode diminuir essa produção reduzindo o desperdício, reutilizando produtos sempre que possível e separando os materiais recicláveis para a coleta seletiva. Colabore.

Transporte


• Transporte público. Por levar muita gente ao mesmo tempo, o transporte público é uma opção menos poluente.
• Dê e pegue carona. Compartilhar com amigos, parentes e vizinhos o caminho até o trabalho, além de ser mais econômico e tornar o trajeto mais agradável, também ajuda a diminuir a emissão de gases poluentes na atmosfera.
• Regule seu carro. Faça revisões regulares no seu carro. Assim, ele consome menos combustível, polui menos e você economiza mais.
• Fique dê olho nos pneus. Andar com os pneus bem calibrados também é uma ótima forma de economizar combustível, dinheiro e diminuir a emissão de gases. Quando os pneus não forem mais úteis, lembre-se de descartá-los em locais adequados: borracharias, algumas lojas de material esportivo e ONGs já fazem o recolhimento desse material.
• Carro parado, motor desligado. Ao parar o carro por mais de dois minutos, desligue-o. Não há necessidade de ficar queimando combustível com o carro parado.
• Prefira carros flex. Comparado à gasolina, o álcool polui menos o meio ambiente e é melhor para o clima da Terra.

Compras


• Aposte na listinha.
Fazendo uma listinha de compras antes de ir ao supermercado, além de economizar ou comprando apenas o que realmente precisa, não gera lixo desnecessário.
• Não exagere nas sacolas. Um dos grandes problemas mundiais para o meio ambiente é a sacolinha plástica dada nos supermercados. Para colaborar com a natureza, não pegue sacolinhas a mais, utilize apenas o necessário, assim você gera menos lixo. Se puder leve a sua própria sacola para as compras.
• Prefira os alimentos orgânicos. Dessa maneira, além de ajudar o meio ambiente, você ainda cuida da sua saúde. Optar também por alimentos da estação é uma ótima maneira de economizar na feira e no supermercado.
• Se possível, opte por embalagens econômicas. Por serem menores, o lixo produzido por elas também será.
• Use pilhas recarregáveis. Elas duram muito mais tempo e, por isso, produzem menos lixo.
• Prefira guardanapos de pano aos de papel.
• Economize papel. Sempre que possível, utilize os dois lados da folha e só imprima documentos quando for realmente necessário.
• Panfletos na rua. Aceite só quando estiver interessado nas informações. E não se esqueça de jogá-los no lixo, nunca na rua.

Trabalho


• Apague as luzes. Sempre que for sair do trabalho, apague as luzes ou verifique se estão apagadas. Caso não seja o último a deixar o local, lembre seu companheiro de fazer isso.
• Ar condicionado. Mantenha sempre o ar condicionado do seu local de trabalho a 25º C, verifique se as janelas do ambiente estão fechadas e se os aparelhos de ar condicionado estão na sombra, pois assim eles consomem cerca de 5% a menos de energia e o ar fresquinho não se mistura com o calor externo.
• Computador. Desligue o computador sempre que for ficar mais de 2 horas sem utilizá-lo e o monitor por até quinze minutos. O maior responsável pelo consumo de energia de um computador é o monitor.
• Impressão. Imprima apenas o necessário e corrija os erros ainda na tela do computador. Use o recurso “Visualizar impressão” para verificar os documentos antesde imprimir e, sempre que possível, imprima dos dois lados do papel.
• Reutilize. Os versos de folhas impressas ou já utilizadas podem servir para anotações. Etiquetas adesivas podem cobrir endereços em envelopes antigos. Além de extremamente ecológico, é uma atitude que gera uma economia considerável.
• Seja ativo. Organize-se com seus colegas e veja quais medidas podem ser adotadas dentro da empresa para beneficiar o meio ambiente.
• Passe essas dicas adiante.
Outras dicas:

WWF Brasil http://www.wwf.org.br/

Postos de coletas de pneus: 
http://www.reciclanip.com.br/

Capítulos

-Apresentação
-Introdução
1-Unidade 1 – Reciclagem
1.1-O que é reciclagem?
1.2-A importância da reciclagem para o mundo
1.3-A importância da Coleta Seletiva
1.4-Materiais que podem ser reciclados
1.5-Impedimentos para reciclagem de um material
2-Unidade 2 – Técnicas de reciclagem: Principais processos.
2.1-Reciclagem de papel
2.2-Reciclagem de plástico
2.3-Reciclagem de vidro
2.4-Reciclagem de metais
2.5-Reciclagem de borrachas (pneus)
2.6-Reciclagem de matéria orgânica (compostagem)
3-Unidade 3 – Benefícios da reciclagem para a economia e sociedade.
3.1-Beneficios
3.2-Valorização de resíduos sólidos
3.3-Mercado de reciclagem
3.4-Produtos Biodegradáveis


Conheça os processos de Reciclagem e as diversas fontes de Energia Renovável. 
45 horas • Início imediato
Você sabia que:
  • uma simples latinha de refrigerante pode levar mais de 500 anos até se decompor na natureza?
  • 50 Kg de papel velho podem salvar a vida de uma árvore que levou 40 anos para crescer?
  • 49% da energia proveniente de fontes primárias no Brasil é Renovável?
Especialistas estimam que o planeta não sobreviverá por muito tempo no atual ritmo de desenvolvimento. Os recursos naturais que pareciam ser inesgotáveis há alguns anos, já demonstram sinais de esgotamento.

Paralelamente, o volume de lixo gerado aumenta a cada dia. Em média, cada brasileiro produz 0,6Kg de lixo todos os dias. Isto representa mais de 120 mil toneladas de lixo todos os dias.Os lixões e aterros estão cada vez mais







Videos de Chris Jordan

Loading...